RSS

Um encontro com a morte!

05 jul

Esse “continho” bem humorado é uma colaboração da amiga Priscila..

“Continho” de Priscila Amanda Francisco.
…E ela entrou pela porta e disse:
– Bichinho, é hoje que tu morres!
E eu ri, é claro! Não que o contexto não fosse apavorante; afinal eu sabia que aquela era a minha hora, mas me deparar com a morte, foi no mínino a coisa mais engraçada da minha vida.
Eu jamais tinha imaginado, a morte como um caipira que segurava uma enxada toda suja de terra vermelha.
Peraí! Seria mesmo terra? Ou o sangue misturado com a carne das pessoas que a morte já tinha levado dessa pra uma melhor? (ou pior). E ainda por cima falava com sotaque arrastado!
Mas enfim, voltando à minha condição de moribunda, o medo voltou a me consumir.
Eu não queria acabar logo agora! Eu podia ter uma vida de glória pela frente, ou então não. Mas e daí? Eu queria descobrir. E a glória?
Ah! Deixa a glória em paz, coitada!
Todo mundo a quer, mas ninguém sabe apreciar quando a tem no olhar dos outros é claro. Mas eu, bom, acho que já tenho a glória que eu quero, pois eu sou ou fui (devido às circunstâncias “moribundais”), uma pessoa feliz.
É sim, feliz sim! Porque se como dizem, a felicidade não é a busca é o caminho, então acho que sou a pessoa mais feliz do mundo, pois embora quase nunca saísse da minha cidadezinha, eu já passei por muitas coisas; coisas essas que eu chamo de caminho.
Ah! você acha que a minha vida não foi “tudo isso”? Pouco importa porque eu é que estou contando minha história e a você, sendo assim, só cabe ler e depois falar mal com as outras pessoas.
Ah é! A morte! Quase tinha me esquecido!
Ai a morte! Que medinho da morte! Que saber? Eu não vou, eu não quero oras! E se ela pensa que vai me arrastar pelo braço, haha, eu me lambuzo de margarina e escorrego dos seus dedos… Se bem que se a morte tem a foice – bom… no meu caso, enxada – porque ela ia arrastar as pessoas pelo braço? Bom faz sentido se você for pensar porque… se ela for te fatiar vai ficar mais difícil de levar sei lá pra onde né?
Porque a morte tem a “foice”, mas não tem um saco para jogar todos os seus pedacinhos lá dentro. E outra: se você está sendo levado é porque morreu de alguma outra coisa né? Não tem cabimento a morte querer te matar de novo. Ou tem? Vai saber!!?? Essas coisas de morte, ninguém sabe direito.
Bom eu estou prestes a descobrir….

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 5, 2012 em Bate Papo

 

Tags: , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: