RSS

Feijoada

18 fev
Gostamos muito de feijoada. Não gostamos de colocar os “pertences”, portanto nossa receita é a seguinte:
 Feijoada:
½ kg de feijão-preto
250 g de bacon
300 g de carne-seca
300 g de carne defumada
300 g de paio
300 g de linguiça calabresa
300 g de costela de porco
3 folhas de louro ou 2 colheres (sobremesa) de louro em pó
2 cebolas picadas
3 dentes de alho picado
2 colheres (sopa) de cheiro verde picado
Tempero em cubinhos para o feijão (de bacon, de feijão)
2 laranjas
pimenta-malagueta (se gostar)
sal e pimenta-do-reino a gosto
azeite de oliva a gosto
 
Modo de fazer
Escolha o feijão e coloque num recipiente fundo. Acrescente bastante água e deixe-os de molho por aproximadamente 4 horas.
Corte a carne-seca em pedaços, retire e despreze as gorduras, e coloque num recipiente. Cubra com água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água a cada 3 horas. Jogue a última água, coloque no fogo, deixe até dar uma “fritadinha” e reserve
Corte o bacon em pequenos pedaços, frite.
Corte a carne da costela paralela aos ossos. Tempere e frite, reserve
A carne defumada, o paio, e linguiça calabresa são ingredientes que podem ser acrescentados da forma que estão. Você pode acrescentá-los assim, ou optar por “dar uma fritadinha”. Pique os 3 ingredientes em pedaços pequenos e reserve.
Coloque o feijão com os temperos** e água que cubra o mesmo,(até uns dois dedos – medidos na horizontal – a mais) na panela de pressão e cozinhe, – depois de começar a ferver, por mais 40 mins. – **(pode ser aqueles comprados prontos, de bacon, de feijão, etc. – lembre-se ainda que ao juntar os ingredientes, eles terão já seus próprios temperos. É preferível – nesse caso “errar por falta do que por excesso”, o tempero de menos sempre pode ser corrigido, enquanto o tempero em excesso já é mais difícil)
Com tudo devidamente picado e frito (ou cozido – depende de sua preferência), pegue a sua maior panela, coloque óleo, os temperos (3 folhas de louro ou 2 colheres (sobremesa) de louro em pó, 2 cebolas picadas, 3 dentes de alho picado, 2 colheres (sopa) de cheiro verde picado) frite um pouco e depois todos os outros ingredientes (as carnes e o feijão). Acrescente o caldo das duas laranjas.
 
Ainda estará com pouco líquido. *Esquente um pouco de água e vá colocando aos poucos. O objetivo dessa parte final é o de incorporar todos os ingredientes.
*Não ponha água fria. Isso costuma “encruar” as carnes e deixa-las mais duras.
Amasse um pouco dos grãos de feijão (uma concha mais ou menos), formando uma papa e dilua na mistura.
Deixe no fogo brando (e vá acrescentando água quente) até ver que os ingredientes estão incorporados e o caldo está grosso.
Se a quantia for grande para suas refeições, divida e congele.
Sirva com couve picadinha, arroz branco, laranjas e farofa. Tem quem goste de torresmo frito.
 
 
 
 
 
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 18, 2013 em Receitas

 

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: